Saúde Pública

QUAL A VALIDADE DOS MEDICAMENTOS APÓS O PRIMEIRO USO?

16/06/2017 - 10:53

A validade do medicamento após aberto permanece a mesma?

 

            Não é possível estabelecer uma regra, pois a estabilidade depende de inúmeros fatores como formulação, presença de conservantes, condições de armazenagem, técnica de manuseio, entre outros1.

 

            Porém, para algumas formas farmacêuticas, existe um consenso, por exemplo, xaropes podem ter um limite de uso de até um mês após abertos2. Já produtos oftálmicos, é recomendado o uso por um período máximo de 30 dias, descartando seu conteúdo após esta data2. O prazo máximo para estoque dos medicamentos submetidos à preparação de dose unitarizada é de 60 dias, respeitada a forma farmacêutica e o prazo de validade estabelecido. Se não houver rompimento da embalagem primária, o prazo de validade será o determinado pelo fabricante, já quando há o rompimento da embalagem primária, o prazo de validade será, quando não houver recomendação específica do fabricante, de no máximo 25% do tempo remanescente constante na embalagem original3. Para preparações extemporâneas, o prazo para uso não deve exceder 48 horas3.

 

            O National Health Service (NHS), no Reino Unido, publicou em 2010, com revisão em 2014, documento direcionado para a população sobre a validade após o primeiro uso de medicamentos.

            É descrito que loções e xampus após o primeiro uso podem ser empregados por até 6 meses4. Pomadas e cremes de 3 a 6 meses, dependendo de qual é a embalagem primária5. Gotas estéreis para uso nasal, oftálmico e otológico devem ser administradas por no máximo 28 dias4. Para medicamentos inalatórios e aerossóis, a validade do fabricante não é alterada4,5; para insulinas, após o rompimento do lacre, podem ser usadas por até 28 dias e acondicionadas em temperatura ambiente (25ºC)5 e para sprays nasais o prazo para administração é de 3 meses5.

 

            Para todos os prazos, quando o fabricante determinar períodos menores, a orientação deve ser atendida.

 

            Na dúvida sobre a validade de um determinado medicamento, o usuário deve buscar orientações com seu farmacêutico.

 

            Para acessar o documento da NHS, clique aqui.

 

Texto elaborado por Acadêmico Iago Christofoli

Revisado por Prof. Tatiane da Silva Dal Pizzol

 

REFERÊNCIAS

 

 

 

  1. ALLEN JR, L. V. et al. Formas farmacêuticas e sistemas de liberação de fármacos. 8 ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.
  2. SCHENKEL, E. P.; MENGUE, S. S.; PETROVICK, P. R. Cuidados com os Medicamentos. 5. ed. rev. Florianópolis: UFSC, 2012.
  3. BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 67, de 08 de outubro de 2007. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2007/res0067_08_10_2007.htmlAcesso em: 14/06/2017.   
  4. Good Practice Guidance: Expiry Dates for Medication. NHS, Ed. 2010.
  5. Good Practice Guidance: Expiry Dates for Medication. NHS, Ed. 2016.

CIMRS.org.br
Saúde Pública

Enviar Comentário