Saúde Pública

O uso de benzodiazepínicos é fator preditivo para o desenvolvimento de Alzheimer?

30/03/2017 - 11:22

BENZODIAZEPÍNICOS x ALZHEIMER

A doença de Alzheimer se apresenta como demência, ou perda de funções cognitivas (memória, orientação atenção e linguagem), e é comumente associada à idade avançada1. Será que o uso de benzodiazepínicos pode ser um fator preditivo para o surgimento da morbidade?
Uma revisão sistemática de Zhong et al, apresentou resultados que indicam que os benzodiazepínicos aumentam o risco para o desenvolvimento de Alzheimer. Os autores concluíram que, embora os achados mostrem que pessoas em uso prolongado de benzodiazepínicos têm maior risco de Alzheimer do que pessoas que nunca usaram esses medicamentos, os dados devem ser analisados com cautela, pelo número reduzido de estudos e pela possibilidade de causalidade reversa2.
Estudos publicados após a revisão sistemática de Zhong et al não confirmaram a hipótese de associação causal entre benzodiazepínicos e Alzheimer. Um estudo de coorte conduzido por Gray e colaboradores concluiu queo risco de demência é ligeiramente maior em pessoas com exposição mínima a benzodiazepínicos, mas não com o nível mais elevado de exposição3Em outro estudo, concluiu-se que após a fase prodrômica (primeiros sintomas), o uso de benzodiazepínicos, não foi associado a um risco aumentado de desenvolver Alzheimer ou demência4.

 

Em conclusão, é precipitado afirmar que benzodiazepínicos podem aumentar o risco de desenvolvimento de Alzheimer, sem que haja fatores genéticos e ambientais envolvidos. Recomendamos que pacientes que usam esses medicamentos sejam monitorados pelo médico prescritor e pelo farmacêutico, por meio de seguimento farmacoterapêutico.
Texto elaborado por Acadêmico Iago Christofoli
Revisado por Prof. Tatiane da Silva Dal Pizzol
 
 
  1. DUNCAN, B.B.; SCHMIDT, M.I.; GIUGLIANI, E.R.J.; Medicina Ambulatorial: condutas de atenção primária baseadas em evidências. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013. 
  2. Zhong , Wang Y, Zhang Y, Zhao Y.Association between Benzodiazepine Use and Dementia: A Meta-Analysis. PlosOne, 2015. Disponível para acesso em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26016483.
  3. Gray SL, Dublin S, Yu O, Walker R, Anderson M, Hubbard RA, Crane PK, Larson EB.Benzodiazepine use and risk of incident dementia or cognitive decline: prospective population based study, 2016. Disponível para acesso em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26837813.
  4. Imfeld P, Bodmer M, Jick SS, Meier CRBenzodiazepine Use and Risk of Developing Alzheimer's Disease or Vascular Dementia: A Case-Control Analysis, 2016.Disponível para acessoem: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26123874

CIMRS.org.br
Saúde Pública

Enviar Comentário