Saúde Pública

Whey protein funciona?

20/02/2017 - 10:29

    Os suplementos whey protein (WP) são conhecidos por sua alta qualidade nutricional, absorção rápida, e como fonte rica de aminoácidos essenciais, especialmente os aminoácidos de cadeia ramificada1.
     Durante o exercício físico, os músculos sofrem pequenas lesões, que são resolvidas pelas proteínas sintetizadas por células do tecido muscular durante a atividade física. Acredita-se que o consumo de WP, elaborado a partir da proteína extraída do soro do leite, acelere esse processo e potencialize o aumento da massa magra1
     O consumo a longo prazo de uma dieta rica em proteínas, como por exemplo, WP, pode estar ligado a problemas como perda de massa óssea e disfunção renal. No entanto, embora seja bem aceito que uma dieta rica em proteínas pode ser prejudicial para indivíduos com disfunção renal existente, há pouca evidência de que a ingestão elevada de proteínas seja perigosa para indivíduos saudáveis2.
   Reidy e colaboradoresem 2016 obtiveram resultados pouco animadores para quem utiliza WP. A suplementação protéica em jovens saudáveis aumentou minimamente a massa muscular, além de não melhorar a força4. Outro ensaio clínico randomizado obteve resultados semelhantes:a ingestão de 20 gramas de proteína de soro do leite imediatamente após os treinos não aumentou a massa corporal magra, força e função física em pessoas idosas quando comparado a carboidratos isocalóricos5.
      Mesmo com o aumento da popularidade destes suplementos, categorizados como alimentos pela ANVISA, questiona-se a qualidade nutricional desses produtos; portanto, seu uso deve sempre contar com o acompanhamento de um profissional de saúde capacitado.
 
Texto elaborado por Acadêmico Iago Christofoli
Revisado por Prof. Tatiane da Silva Dal Pizzol
 
 
  1. ALMEIDA, C. C.; CONTE-JÚNIOR, C. A.; SILVA, A. C. O.; ALVARES, T. S. Proteína do soro do leite: composição e suas propriedades funcionais. Enciclopédia Biosfera, v. 9, p. 1840—1854, 2013.
  2. Cuenca-Sanchez, M., Navas-Carrillo, D. and Orenes-Pinero, E. (2015). Controversies Surrounding High-Protein Diet Intake: Satiating Effect and Kidney and Bone Health. Advances in Nutrition: An International Review Journal, 6(3), pp.260-266,2015
  3. Reidy PT, Borack MS, Markofski MM, Dickinson JM, Deer RR, Husaini SH, Walker DK, Igbinigie S, Robertson SM, Cope MB, Mukherjea R, Hall-Porter JM, Jennings K, Volpi E, Rasmussen BB.Protein Supplementation Has Minimal Effects on Muscle Adaptations during Resistance Exercise Training in Young Men: A Double-Blind Randomized Clinical Trial. The Journal of Nutrition. 146: 1660-1669, 2016.
  4. Arnarson A, GudnyGeirsdottir O, Ramel A, Briem K, Jonsson PV, Thorsdottir I. Effects of whey proteins and carbohydrates on the efficacy of resistance training in elderly people: double blind, randomised controlled trial, v. 8 p.821-826, 2013.

CIMRS.org.br
Saúde Pública

Enviar Comentário