Medicamentos

PREDNISONA x PREDNISOLONA

27/10/2017 - 08:37

Quais as diferenças entre prednisona e prednisolona?

Tanto prednisona quanto prednisolona podem ser usadas pelos efeitos antiinflamatórios e imunossupressores, em diferentes condições clínicas1. A prednisona é um precursor da prednisolona2,3,4,5.

Prednisona tem ação semelhante à prednisolona com duração de ação média. É o corticosteroide mais utilizado em doenças que exigem tratamento em longo prazo. Em doses únicas matinais ou em dias alternados propicia menor supressão do eixo hipotálamo-hipófise-suprarrenal, com menor ocorrência de efeitos adversos3.

As seguintes equivalências de dose, potência e meia-vida são descritas1,2,3,4,5:

 

Fármaco

Dose Equivalente aproximada (mg)

Potência anti-inflamatória relativa

Potência mineralocorticóide relativa

Meia Vida

Plasma (horas)

Prednisolona

5

4

1

2-4

Prednisona

5

4

1

2-3

           

Pacientes com disfunção hepática podem obter maior benefício com a prednisolona, porque esta não requer biotransformação hepática6.

É importante ressaltar que as formas farmacêuticas disponíveis (comprimido, suspensão ou gotas7) devem ser consideradas no momento da escolha do fármaco a ser prescrito. Visto a equivalência de doses entre prednisona e prednisolona, a forma farmacêutica deve ser escolhida conforme a indicação e as especificidades do paciente. Apesar das poucas diferenças entre os fármacos, eles não são bioequivalentes; por isso, qualquer substituição só deve ser feita se autorizada pelo prescritor que acompanha o paciente.

Sempre que houver dúvidas relacionadas sobre o uso de medicamentos, procure seu farmacêutico de confiança.

Texto elaborado por Acadêmico Iago Christofoli

 Revisado por Farm.ª Tatiane da Silva Dal Pizzol

  1. DRUGDEX® System. Thomson MICROMEDEX, Greenwood Village, Colorado, USA. Disponível em: http://www.thomsonhc.com/home/dispatch.Acesso em: 20/10/2017.
  2. MCEVOY, G. K. (Ed.) AHFS Drug Information. Bethesda: ASHP, 2014. 
  3. BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Formulário terapêutico nacional 2010: Rename 2010 / Ministério da Saúde, Secretaria de Ciência Tecnologia e Insumos Estratégicos, Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Brasília: Ministério da Saúde, 2010.
  4. SNOKE, J. et al. Drug Information Handbook. 23. ed. Hudson: Lexi-comp, 2014.
  5. DRUG Facts and Comparisons 2014. St.Louis: Facts and Comparisons, 2013.
  6. SWEETMAN S. (Ed), Martindale: the complete drug reference. London: Pharmaceutical Press. Electronic version, Greenwood Village, Colorado: Truven Health Analytics. The Healthcare Business of Thomson Reuters. Disponível em: http://www.micromedexsolutions.com/home/dispatchAcesso em: 26/10/2017.
  7. BRASIL. ANVISA. Medicamentos Regularizados. Disponível em: https://consultas.anvisa.gov.br/#/medicamentos/q/?substancia=7738

 

CIMRS.org.br
Medicamentos

Enviar Comentário