Saúde Pública

Diferenças no uso de medicamentos entre mulheres e homens

24/11/2017 - 12:10

Há diferenças no uso de medicamentos entre mulheres e homens? Que diferenças são essas?

    É conhecido que mulheres estão mais propensas a usar medicamentos do que homens, incluindo antidepressivos, ansiolíticos e analgésicos, enquanto homens têm uma frequência maior de uso de medicamentos para problemas cardiovasculares1. Além disso, há fármacos específicos para mulheres, como contraceptivos hormonais e os estrógenos e progestágenos na menopausa, e fármacos específicos para homens, que incluem medicamentos para disfunção erétil e para hiperplasia benigna prostática.

            De modo geral, mulheres tem uma maior prevalência de uso de medicamentos1,2,3, mesmo sem contar os contraceptivos hormonais2. É descrito que essa diferença pode ser atribuída a fatores relacionados à maior utilização de serviços de saúde1,3 e maiores cuidados com a saúde, que começam na adolescência, em função de intercorrências ligadas ao ciclo menstrual e gravidez3.

       Em um estudo realizado na Itália, foi verificado que os medicamentos mais utilizados por mulheres foram aqueles que afetam a estrutura óssea e mineralização, cálcio, medicamentos usados na terapia para a tireóide, preparações de ferro, vitamina B12, ácido fólico e antidepressivos.  Por outro lado, fármacos inibidores da ECA e medicamentos usados no tratamento de gota e de hipertrofia prostática benigna foram mais comumente utilizados em homens1.  Outro estudo, realizado na Suécia, também encontrou diferenças substanciais no uso de medicamentos entre homens e mulheres2.

            Algumas diferenças no uso de medicamentos entre os sexos podem ser explicadas por variações na prevalência e gravidade das doenças, fisiopatologia, diagnóstico e resposta ao tratamento ou por outras características biológicas2. No entanto, para outras diferenças ainda não há uma explicação médica conhecida1,2.

 

Texto elaborado por Acadêmica Iara Gerhrke

Revisado por Farm.ª Tatiane da Silva Dal Pizzol

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

 

  1. Putignano,Daria;Bruzzese, Dario; Orlando,Valentina et al. Differences in drug use between men and women: an Italian cross sectional study. BMC Women's Health, 2017, Volume 17, Number 1, Page 1.
  2. Loikas, Desirée; Wettermark, Björn; von Euler, Mia et al. Differences in drug utilisation between men and women: a cross sectional analysis of all dispensed drugs in Sweden. BMJ Open. 2013;3:3(5).
  3. Bertoldi AD, da Silva Dal Pizzol T, Ramos LR, Mengue SS, Luiza VL, Tavares NUL, et al. Perfil sociodemográfico dos usuários de medicamentos no Brasil: resultados da PNAUM 2014. RevSaude Publica. 2016;50(supl 2):5s.

CIMRS.org.br
Saúde Pública

Enviar Comentário