Medicamentos

ASMA: beclometasona, budesonida ou fluticasona.

09/02/2018 - 13:07

Qual o melhor corticoide inalatório?

O manejo medicamentoso da asma deve ter abordagem sequencial. O tratamento principal para asma aguda baseia-se na utilização de broncodilatadores agonistas B2 inalatórios de ação curta1,2  como salbutamol ou fenoterol. O limite de dose deverá ser estabelecido observando-se o aumento exacerbado da frequência cardíaca (>140bpm), tremor grosseiro e arritmias1.

Para quadros de asma persistente moderada nos pacientes em que a resposta ao agonista B2 de ação longa for insatisfatória, é recomendado o uso isolado de corticosteroide inalatório em dose alta. Havendo persistência da asma, é possível considerar a associação de corticosteroide inalatório em dose alta com agonista B2 inalatórios de ação longa1.

Corticosteroides inalatórios são a primeira opção em crianças com repercussão importante dos sintomas em manifestações agudas1,2,3. Os corticosteroides inalatórios em doses baixas estão indicado para o controle da asma intermitente e persistente em adultos4.

Em uma coorte simulada durante 12 meses, conduzida por Rodríguez-Martínez e colaboradores no ano de 2013, foi estimado o custo-benefício de diferentes tratamentos inalatórios para asma. Os seguintes resultados foram obtidos5:

 

 

ADESÃO*

3m, 6m, 9m

TEMPO PARA

EFEITO

CUSTO

(£)**

EFETIVIDADE***

BECLOMETASONA

77%, 54%, 53%

6 SEMANAS

106

0,9262

FLUTICASONA

77%, 54%, 53%

7 SEMANAS

231

0,9325

BUDESONIDA

88%, 62%, 61%

4 SEMANAS

309

0,8999

 

* Adesão estimada em meses.

**Custo com tratamento e com exacerbações; visitas ao pronto atendimento e internações durante 12 meses.

***Tempo em um ano livre de sintomas, com bem estar e boa atividade física.

 

£ 1,00 = R$ 4,50 (07/02/2018).

 

A beclometasona inalatória está aprovada para o tratamento e profilaxia da asma, é eficaz e recomendada para adultos e crianças com mais de 5 anos1,3,6,7.

A budesonida inalatória está aprovada para o tratamento e profilaxia da asma em adultos e crianças a partir de 6 anos. Entre 12 meses e 8 anos, é descrito o uso de suspensão inalatória3,7.

A fluticasona por inalação é eficaz e recomendada para tratamento e profilaxia da asma em adultos e em crianças3,6 com 12 anos (4 anos6)3ou mais velhas3,7.

 Sempre que o usuário tiver dúvidas sobre seu tratamento, recomendamos consultar seu farmacêutico de confiança.

                     

Texto elaborado por Acad. Iago Christofoli

 

Texto revisado por Farmacêutico Alexandre T. Sartori

 

REFERÊNCIAS

 

  1. DUNCAN, B.B.; SCHMIDT, M.I.; GIUGLIANI, E.R.J.; Medicina Ambulatorial: condutas de atenção primária baseadas em evidências. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013.
  2. MCPHEE, S.; PAPADAKIS, M. (Ed.) CMDT – Current Medical Diagnosis e Treatment. 56. ed. New York: McGrawHill, 2017.
  3. DRUGDEX® System. MICROMEDEX® Truven Health Analytics. The Healthcare Business of Thomson Reuters.Disponível em: http://www.micromedexsolutions.com/. Acesso em: 28/11/2017.
  4. EBSCO DynaMed website. Disponível emhttp://www.ebscohost.com/dynamed/Acesso em: 07/02/2018.
  5. Rodríguez-Martínez et al. Cost-utility analysis of the inhaled steroids available in a developing country for hemanagement of pediatric patients with persistent asthma. Asthma. 2013 May;50(4):410-8. doi: 10.3109/02770903.2013.767909. Epub 2013 Mar 5.
  6. SWEETMAN S. (Ed), Martindale: the complete drug reference. London: Pharmaceutical Press. Electronic version,Thomson MICROMEDEX, Greenwood Village, Colorado, USA. Disponível em: http://www.thomsonhc.com/home/. Acesso em: 28/11/2017
  7. DRUGFacts and Comparisons. 2014 Edition. St.Louis: Facts and Comparisons, 2013.

 

                

 

 

CIMRS.org.br
Medicamentos

Enviar Comentário